segunda-feira, 18 de julho de 2011

Estudo mostra que brasileiras ocupam 4º lugar em ranking mundial de estresse

Um estudo recente da Nielsen Company global mostra que as mulheres da Índia são as mais estressadas do mundo. O levantamento, que analisou 6.500 mulheres de 21 países, aponta que 87% das indianas se sentem estressadas todo o tempo e 82% delas não têm tempo para relaxar. As brasileiras ocupam a quarta posição do ranking, com 67% das mulheres vivendo sob stress.

A pesquisa da Nielsen destacou que a mulher vem assumindo papéis mais importantes no mercado de trabalho sem, no entanto, deixar de lado as obrigações familiares - o que contribui para os altos níveis de stress. A estrutura social que permite que elas assumam esses papéis, no entanto, é diferente nas economias emergentes e desenvolvidas, o que influencia diretamente na saúde da mulher.

Entre as hipóteses que buscam explicar os motivos do stress está uma teoria levantada pelo jornal The Economic Times, da Índia - a de que a cultura de lugares subdesenvolvidos acaba propiciando o stress na mulher. Segundo a publicação, na Índia as mulheres estariam estressadas porque além de serem pressionadas a ter um emprego moderno, elas teriam ainda de se conformar com os padrões culturais tradicionalistas do país.

Economia — Apesar de serem as mais estressadas, as mulheres indianas são também as que mais gastam consigo mesmas. Mais de três quartos delas gastam com saúde e produtos de beleza, enquanto 96% disseram que gastam com roupas. Segundo a pesquisa, as mulheres de países em desenvolvimento usam o que sobra de seu dinheiro em roupas, saúde e produtos de beleza, alimentos e na educação dos filhos.

Já as mulheres de países desenvolvidos dedicam esse dinheiro para viagens, economias e para o pagamento de dívidas. De acordo com Susan Whiting, vice-presidente da Nielsen, as mulheres vêm aumentando seu poder aquisitivo, e com isso, ganham mais controle e influência sobre as decisões domésticas. "Como resultado, as mulheres de hoje e de amanhã são os principais consumidores em potencial."

Confira o ranking dos 21 países analisados na pesquisa:

1 - Índia (87% de mulheres estressadas)
2 - México (74%)
3 - Rússia (69%)
4 - Brasil (67%)
5 - Espanha (66%)
6 - França (65%)
7 - África do Sul (64%)
8 - Itália (64%)
9 - Nigéria (58%)
10 - Turquia (56%)
11 – Grã-Bretanha (55%)
12 – Estados Unidos (53%)
13 - Japão (52%)
14 - Canadá (52%)
15 - Austrália (52%)
16 - China (51%)
17 – Alemanha (47%)
18 - Tailândia (45%)
19 – Coreia do Sul (45%)
20 - Malásia (44%)
21 - Suécia (44%)

Fonte: Veja Online, via portal da Educação Física
Temos como intuito postar notícias relevantes que foram divulgadas pela mídia e são de interesse do curso abordado neste blog. E por isso esta matéria foi retirada na íntegra da fonte acima citada, portanto, pertencem a ela todos os créditos autorais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens Recentes