quarta-feira, 13 de abril de 2011

Dia de luta contra o câncer é marcado por orientação quanto à prevenção

Ainda hoje, o câncer é uma das doenças mais temidas entre homens e mulheres. Os números assustam. De acordo com estimativas do INCA (Instituto Nacional do Câncer), o Brasil terá 500 mil novos casos de câncer em 2011. E, se não houver uma intervenção efetiva pelas autoridades de saúde, este número pode saltar para 26 milhões em 2030. O registro de altos números ocorre devido ao envelhecimento da população e aos maus hábitos de vida, como alimentação inadequada e o sedentarismo.

Além desses fatores, o uso de tabaco, infecções crônicas por vírus, como a hepatite B e o HPV, sobrepeso e obesidade, radiação, abuso no consumo de álcool e exposição a substâncias químicas são outras causas do aumento da doença.

Os tipos mais comuns, à exceção do câncer de pele do tipo não melanoma, serão os cânceres de próstata, pele, cólon, reto e de pulmão no sexo masculino, e os cânceres de mama, pele, cólon, reto, pulmão e do colo do útero, no sexo feminino.

Segundo pesquisa recente da Agência Internacional para Pesquisas em Câncer, o impacto global do câncer mais que dobrou nos últimos 30 anos. Uma das explicações para a crescente incidência da doença é, curiosamente, o aumento da expectativa de vida. Com uma população cada vez mais idosa, o aumento dos casos de doenças crônico-degenerativas também é crescente.

Diante desse cenário, é essencial fomentar recursos e esforços no sentido de orientar a população sobre as estratégias de prevenção, diagnóstico e controle do câncer.



Prevenir é possível, depende de você!

Uma das frentes principais de batalha contra a doença é a detecção precoce. Tão importante quando adotar hábitos de vida saudáveis é seguir uma rotina de exames ( famosos check-up) anuais que permitem o diagnóstico precoce da doença. Para as mulheres os principais exames são: papanicolau, que deve ser realizado a partir do início da atividade sexual para detecção precoce de câncer de colo uterino, e a mamografia - para o câncer de mama (faltou colocar a partir de quando deve ser realizado).

Já para os homens, os cuidados em relação ao câncer de próstata começam a partir dos 40 anos com exames periódicos de toque retal e, dependendo de orientação do médico, de dosagem da proteína PSA (antígeno prostático específico). A partir dos 50 anos, para ambos os sexos, é importante realizar ainda colonoscopia ou a pesquisa de sangue oculto nas fezes associada à retossigmoidoscopia, para prevenção do câncer de intestino. Para fumantes, costuma-se recomendar ainda a tomografia de tórax de baixa radiação, a fim de identificar eventuais lesões no pulmão.

É importante lembrar que graças aos avanços nos métodos de diagnóstico, o índice de cura para casos em estágio inicial são grandes. Outro ponto bastante favorável é o seu tratamento. Novas drogas mais efetivas combinadas as terapias convencionais – quimioterapia e radioterapia - e com menos efeitos colaterais estão sendo utilizadas possibilitando um tratamento menos agressivo e mais especificamente dirigidos às células do câncer. Não apenas no dia Mundial de luta contra a doença, mas todos os dias do ano, a palavra certa contra o câncer deve ser “prevenção”.

Dez dicas para se proteger do câncer

1. Pare de fumar;

2. Uma alimentação saudável pode reduzir as chances de câncer em pelo menos 40%. Coma mais frutas, legumes, verduras, cereais e menos alimentos gordurosos, salgados e enlatados. Sua dieta deve conter diariamente, pelo menos, cinco porções de frutas, verduras e legumes. Dê preferência às gorduras de origem vegetal como o azeite extravirgem, óleo de soja e de girassol, entre outros, lembrando sempre que não devem ser expostas a altas temperaturas. Evite gorduras de origem animal (leite e derivados, carne de porco, carne vermelha, pele de frango, etc.) e algumas gorduras vegetais, como margarinas e gordura vegetal hidrogenada;

3. Evite ou limite a ingestão de bebidas alcoólicas. Os homens não devem tomar mais do que dois drinques por dia. As mulheres devem se limitar a um drinque;

4. É aconselhável que homens, entre 50 e 70 anos, na oportunidade de uma consulta médica, orientem-se sobre a necessidade de investigação do câncer da próstata.  Os homens com histórico familiar de pai ou irmão com câncer de próstata antes dos 60 anos devem realizar consulta médica para investigação de câncer da próstata a partir dos 45 anos;

5. Pratique atividades físicas moderadamente durante pelo menos 30 minutos, cinco vezes por semana;

6. As mulheres com 40 anos ou mais devem realizar o exame clínico das mamas anualmente. Além disto, toda mulher, entre 50 e 69 anos, deve fazer uma mamografia a cada dois anos. As mulheres com caso de câncer de mama na família (mãe, irmã, filha, etc., diagnosticados antes dos 50 anos), ou aquelas que tiverem câncer de ovário ou câncer em uma das mamas, em qualquer idade, devem realizar o exame clínico e mamografia a partir dos 35 anos de idade, anualmente;

7. As mulheres com idade entre 25 e 59 anos devem realizar exame preventivo ginecológico periodicamente. Após dois exames com resultado normal com intervalo de um ano, o preventivo pode ser feito a cada três anos. Para os exames alterados, deve-se seguir as orientações médicas;

8. É recomendável que mulheres e homens com 50 anos ou mais realizem exame de sangue oculto nas fezes, a cada ano (preferencialmente), ou a cada dois anos;

9. Evite exposição prolongada ao sol, entre 10h e 16h, e use sempre proteção adequada, como chapéu, barraca e protetor solar. Se você se expõe ao sol durante a jornada de trabalho, procure usar chapéu de aba larga, camisa de manga longa e calça comprida;

10. Realize diariamente a higiene oral (escovação) e consulte o dentista regularmente.

Temos como intuito postar notícias relevantes que foram divulgadas pela mídia e são de interesse do curso abordado neste blog. E por isso esta matéria foi retirada na íntegra da fonte acima citada, portanto, pertencem a ela todos os créditos autorais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens Recentes